“Ainda não há registo de nenhuma ocorrência ligada a susposto recrutamento compulsivo” -PRM

– Polícia ainda não recebeu nenhuma queixa de um pai cujo filho tenha sumido

 

Na senda da agitação criada pela circulação de informações sobre suposto recrutamento compulsivo de jovens nos bairros para se juntarem às fileiras das Forças Armadas de Defesa de Moçambique (FADM), o Dossiers & Factos ouviu, há pouco, a Polícia da República de Moçambique para saber se terá registado alguma ocorrência ligada ao assunto. Em resposta, o porta-voz do Comando Geral, Orlando Mudumane refutou alegando que a corporação ainda não recebeu nenhuma queixa de nenhum pai dando conta do sumisso de um filho.

Texto: Dossiers & Factos

Ao Dossiers & Factos, Mudumane disse que não existe nenhum recrutamento compulsivo para ingressar nas FDS e tudo não passa de um boato para criar agitação, tanto que até ao momento não há ocorrência de alguém que tenha desaparecido em situação similar

Para sustentar o seu argumento, Mudumunane afirma que ainda não houve uma ocorrência de um pai ou familiar dando o desaparecimento de um jovem por causa do recrutamento militar. 

O Porta-voz da Polícia da República de Moçambique (PRM), Orlando Mudumane disse em contacto telefônico ao Dossiers & Factos que o suposto recrutamento de jovens não passa apenas de um boato.

Mais  Destaques

Scroll to top
Skip to content