Apostar cada vez mais no turismo na Província de Inhambane

Na continuidade do seu trabalho de caça ao voto, o candidato da Frelimo trabalhou na Província de Inhambane, a oitava a ser escalada desde o início da Campanha Eleitoral. Naquele ponto país Nyusi prometeu potenciar cada vez mais o turismo, garantir a unidade nacional e promover a valorização dos produtos nacionais.

Lidia Cossa, Inhambane

Teve como porta de entrada o distrito de Vilanculos, localidade de Mapinhane onde perante a população, membros e simpatizantes da Frelimo, deixou a mensagem do seu manifesto e o seu compromisso com o povo moçambicano.

Nyusi começou por explicar que vai continuar a trabalhar para a manutenção da paz efectiva e a promoção da unidade nacional porque esta elimina todas as diferenças entre os povos.

Para convencer a população a votar em si e no seu partido, Nyusi prometeu continuar a trabalhar para o desenvolvimento daquela Província, criar mais emprego e potenciar cada vez mais o turismo.

Nos vários comícios realizados, Nyusi reforçou a ideia da inclusão de toda a sociedade nos benefícios provenientes da exploração dos recursos minerais e de outras oportunidades que o país possui. Mas acrescentou que para isso acontecer é preciso não haver discriminação.

“Oferecer oportunidades e acesso a bens e serviços a todos sem discriminação, sem olhar para a cor partidária, a religião, as condições físicas, se estudou ou não estudou, qual é a etnia a que pertence. Isto não faz parte da filosofia da Frelimo”, disse.

Filipe Nyusi prometeu diversificar a economia, porque para ele com muitas áreas de exploração é que será possível criar mais emprego que é a principal bandeira para o seu próximo ciclo de governação.

“Inhambane tem capacidade para o turismo, ate pessoas estrangeiros vem descansar aqui, por isso vamos potenciar mais o turismo, vamos criar varias áreas do turismo para atrair mais turistas, mais investidores e dessa forma desenvolvermos o nosso belo país”, explicou. Neste momento encontra – se a trabalhar na Província de Gaza, tida como bastião da Frelimo.

Na Província de Inhambane trabalhou nos distritos de Vilanculos, Massinga, Morrumbene, Maxixe, Zavala e Cidade de Inhambane.

Mais  Destaques

Scroll to top
Skip to content