Ataques terroristas causam nova avalanche de deslocados

 

Os recentes ataques terroristas que têm tido lugar de forma esporádica nos distritos de Mueda, Nangade, Muidumbe e Macomia estão a causar uma nova avalanche de deslocados, no distrito de Mueda, norte da província de Cabo Delgado.

 

 

Informações tornadas públicas pelo jornal Carta revelam que mais de uma centena de pessoas, entre mulheres, idosos e crianças, escalaram a vila-sede do distrito de Mueda na semana finda, vítimas dos ataques terroristas, protagonizados pelos insurgentes junto das aldeias que se localizam na região norte daquele distrito, sobretudo, as que se encontram junto à fronteira com a vizinha República Unida da Tanzânia.

 

De acordo com a Carta, os milicianos repeliram um ataque terrorista que estava sendo levado a cabo pelos insurgentes contra um acampamento da empresa que está a construir a estrada Mueda-Negomano.

 

A carta relata igualmente que depois de quase dois meses de “enfraquecimento”, devido à entrada de forças estrangeiras, os terroristas voltam a mostrar o seu poderio e resistência, protagonizando novos ataques esporádicos às aldeias dos distritos severamente afectados pelos ataques terroristas, com destaque para Mueda, Nangade, Muidumbe e Macomia.

Mais  Destaques

error: Conteudo protegido!!
Scroll to top
Skip to content