CAF reconhece responsabilidade, rigor e profissionalismo de Muhammad Sidat

 

O gestor desportivo moçambicano Muhammad Feizal Sidat, Mestre FIFA em Gestão Desportiva, que acaba de ser promovido, na Confederação Africana de Futebol (CAF), para a posição de chefe sénior do Departamento de Licenciamento de Clubes e Estádios, considera a conquista como sendo reconhecimento pela responsabilidade, disciplina e profissionalismo no trabalho que tem desenvolvido na instituição, onde se tornou o primeiro moçambicano a ingressar como quadro efectivo.

Para além da promoção, Muhammad Sidat foi igualmente designado como gestor do projecto CAF/UEFA Assist para as ligas domésticas e projectos de infra-estruturas, que resulta da parceria entre as duas confederações.

A sua nomeação pela direcção da CAF, sob a liderança do secretário-geral interino, Abdel Bah, é em reconhecimento do desempenho do moçambicano ao longo dos anos.

Reagindo à nomeação, Sidat diz que assume agora responsabilidades acrescidas e pretende continuar muito focado no trabalho que desenvolve na área de licenciamento de clubes e verificação dos estádios ao nível do continente.

“Recebi com bastante satisfação, naturalmente, e penso que é o coroar de muita responsabilidade, rigor e profissionalismo nas actividades que tenho desenvolvido dentro desta estrutura de futebol continental. E como tal, estou bastante lisonjeado por esta confiança da direcção da CAF”, referiu Sidat, num pequeno dedo de conversa com o Dossiers & Factos.

No que diz respeito ao projecto CAF/UEFA Assist para as ligas domésticas e projectos de infra-estruturas, Sidat refere que o grande desafio neste momento passa por melhorar a estrutura das ligas nacionais e as estruturas competitivas das federações.

Licenciado e mestrado em Gestão Desportiva, na categoria FIFA, Sidat diz que para lograr tão honroso feito teve de abdicar de muitas coisas para dedicar-se de corpo e alma ao trabalho.

“Sinto um grande orgulho, em primeiro lugar, como moçambicano, poder representar o nosso país. Hoje, de viva voz, podemos nos orgulhar por termos alguém dentro da estrutura do futebol continental e mundial. Nunca antes Moçambique teve esta oportunidade de ter quadros efectivos na CAF ou na FIFA, especificamente em cargos administrativos, portanto, sinto-me bastante honrado e com responsabilidade acrescida”, sustenta.

Sempre com os pés bem assentes no chão, Sidat partilhou a sua conquista pessoal com o povo moçambicano e renovou os votos de ver o desporto nacional mais desenvolvido e competitivo.

“Espero que os moçambicanos se sintam também honrados por esta boa nova que gostaria de partilhar com todo o movimento associativo desportivo”, conclui Muhammad Sidat, que tem sido sempre convidado pela FIFA na organização de grandes eventos à escala planetária.

Muhammad Sidat foi integrado na estrutura da CAF, órgão reitor do futebol em África, em Dezembro de 2018, e em pouco tempo a sua persistência, dedicação e ética de trabalho, que muito têm contribuído para os objectivos da organização, valeram-lhe a nomeação para um dos mais prestigiosos cargos da organização.

Como gestor desportivo de alto escalão da FIFA, Sidat já esteve envolvido em vários projectos. Recentemente, foi nomeado para integrar um grupo restrito de trabalho a cargo da FIFA, em representação da CAF, juntamente com representantes de outras confederações de futebol no mundo, bem como outros importantes “stakeholders” do futebol mundial. O grupo de trabalho tinha dentre várias responsabilidades a de dar seguimento ao plano da FIFA de “criação de um Fundo Global de Assistência ao Futebol”.

No último CAN do Egipto, Muhammad Sidat esteve envolvido na organização do evento, exercendo tarefas de relevo nas áreas de coordenação e gestão de eventos, protocolo, controlo e distribuição de bilhetes, bem como na alocação de meios logísticos e operacionais para outros departamentos. Redacção

Mais  Destaques

Scroll to top
Skip to content