Chalane: saiba o que deve fazer antes, durante e depois do ciclone

 

O Instituto Nacional de Gestão de Calamidades (INGC) está preocupado com a tempestade tropical Chalane, que se aproxima e poderá afectar as zonas centro e sul do país, devendo ter a cidade da Beira como porta de entrada, conforme indicam as previsões do Instituto Nacional de Meteorologia.

 Ciclone tropical é um fenómeno caracterizado por ventos fortes e chuvas torrenciais, este fenómeno meteorológico forma-se nas regiões tropicais, em que as águas do mar apresentam temperaturas altas.

Preocupado com os efeitos que o mesmo pode vir a ter em Moçambique, o INGC elencou uma série de medidas a serem observadas. Confira a lista:

Medidas antes do ciclone

Estacionar viaturas em locais protegidos e seguros, como garagens ou espaços livres de objectos (árvores, postes, torres e outros);

Reforçar a segurança das coberturas das casas, portas e janelas;

Procurar informações sobre abrigo seguro junto dos Comités Locais de Gestão do Risco de Calamidades ou das Autoridades Locais;

Retirar do exterior da casa todo material solto que possa ser arrastado pelos ventos e pôr em perigo a segurança das pessoas;

Constituir um pequeno kit de emergência composto por um rádio a pilhas, lanterna, candeeiro, velas, fósforo, água, produtos de higiene e alimentares básicos;

Colocar alimentos, documentos, material escolar, roupa em locais seguros;

Garantir que as embarcações estejam devidamente atracadas em locais seguros;

Proceder o abastecimento de combustível aos meios circulantes, cortar as grandes árvores que estejam próximas da sua casa;

Ficar atento para os alertas oficiais emitidos pelo instituto Nacional de Meteorologia e Manter-se atento às informações das autoridades competentes.

Medidas durante o ciclone

Desligar a corrente eléctrica;

Não utilizar o telefone, o celular ou electrodomésticos;

Manter-se em locais seguros, distante de linhas de transporte de energia, árvores ou outros objectos que possam constituir perigo;

Se estiver na via pública, procure um lugar seguro e protegido;

Se estiver a conduzir, pare a viatura num local sem árvores, postes, cabos eléctricos e outros objectos que podem atingir a viatura;

Manter-se dentro da viatura devidamente fechada;

Não se fazer transportar em viaturas de caixa aberta;

Prestar maior atenção as movimentações das crianças;

Manter-se afastado das portas, janelas, fornos ou fogões;

Manter-se atento às informações das autoridades competentes;

No caso do vento se tornar mais violento, coloque-se debaixo de uma peça de mobiliário resistente ou de um colchão.

Medidas pós Ciclone

Não consumir água não tratada;

Assistir as pessoas afectadas (primeiros socorros, abrigo, alimentos e outros);

Apoiar na reposição das infra-estruturas sociais afectadas;

Manter-se nos locais de abrigo seguro até que haja uma orientação para se retirar;

Ter cuidado com cabos eléctricos, postes e árvores derrubadas;

Inspeccionar a sua casa para verificar que não há nenhum perigo;

Manter desligado o gás, água e electricidade até estar seguro de que não há fugas nem perigo de curto-circuito;

Certificar-se de que os seus aparelhos eléctricos estão secos antes de ligar;

Não vai para fora até que seja informado oficialmente que é seguro;

Manter-se informado sobre a evolução do evento através dos órgão de comunicação.

Estima-se que quatro milhões de pessoas poderão ser afectadas pelo impacto negativo do ciclone Chalane que já fustiga Madagáscar, com chuvas e ventos fortes, podendo entrar para o Canal de Moçambique nas próximas horas.

Mais  Destaques

Scroll to top
Skip to content