Comandante Geral da PRM visita Matias Guente

 

Quando eram 17 horas e 45 minutos, entrava para a clínica, Bernardino Rafael, Comandante Geral da PRM.

Texto: Serôdio Towo

A visita, curta que durou menos de cinco minutos, visava essencialmente, segundo Rafael, encorajar o jovem jornalista a ter muita força, a mesma altura que aproveitou manifestar o seu sentimento de repúdio ao acto.

Em breve entrevista ao Dossiers & Factos, Bernardino Rafael, disse que as primeiras ilações que obteve da vítima é que encontrava-se traumatizado com o que lhe acontecera.

Contudo, Bernardino Rafael disse que a SERNIC, está no terreno a fazer o levantamento dos últimos momentos e contactos da vítima no sentido de buscar os prováveis autores.

Rafael aproveitou a ocasião para condenar o acto e disse não se explicar que em plena quadra festiva ocorram situações de género.

Mais  Destaques

Scroll to top
Skip to content