Covid-19: esgotada capacidade de rastreio em Moçambique

 

O crescimento exponencial do número de infecções da covid-19 em Moçambique ameaça provocar o colapso do Sistema Nacional de Saúde. De acordo com as autoridades, já não há camas no sector privado e o mesmo cenário pode se verificar, em breve, no sector público, onde a capacidade de rastreio está esgotada, segundo deu a conhecer o Director Nacional de Assistência Médica, Hussein Issa.

Falando no programa café da manhã, da Rádio Moçambique, Issa Apontou as zonas que mais contribuem para o agravamento da situação no país.

“Área metropolitana do grande Maputo, Maputo cidade, Maputo província, é onde há grandes problemas, há mais informação, mais literacia, mas é onde temos mais problemas. De Janeiro até cá, 68% dos casos estão aqui na cidade de Maputo, 88% dos internamentos estão aqui e 84% de óbitos registaram-se aqui”.

Com média diária de cinco óbitos, Moçambique atravessa a fase mais crítica desde que a pandemia eclodiu. Para tal, terá contribuído muito o desleixo com que se festejou o natal e o fim do ano.

Mais  Destaques

Scroll to top
Skip to content