Covid-19 mata gestores públicos em Inhambane

 

Em menos de um mês, a província de Inhambane registou a morte de quatro gestores públicos. À excepção do comandante distrital da PRM em Homoine, cujas circunstâncias são desconhecidas, todos os outros três morreram vítimas de covid-19. Trata-se do comandante da PRM na Maxixe, Carlos David, do Juiz da II sessão do Tribunal Judicial de Inhambane, e do Secretário provincial da OJM.

Naftal Matusse, director provincial da Saúde, explicou que a morte destes gestores públicos deve-se ao facto de estarem em permanente contacto com várias pessoas. Matusse aproveitou para apelar ao respeito pelas medidas de prevenção.

 

 

Mais  Destaques

Scroll to top
Skip to content