Custo de vida sufoca Palma

 

A população de Palma está literalmente sufocada pelo elevado custo de vida. Com as vias de acesso bloqueadas, é quase impossível abastecer a região, o que leva à escassez de produtos essenciais e consequente agravamento dos preços.

Só para que se tenha uma ideia, um saco de 25kg de arroz é vendido a 2500 meticais e um litro de combustível a 160 meticais. De acordo com as nossas fontes, o pouco que chega a Palma provém da vizinha Tanzânia, ainda assim com muita dificuldade.

A situação é consequência directa dos ataques terroristas que tendem a intensificar-se naquela região. Recorde-se que, no dia 01 de Janeiro, os insurgentes protagonizaram uma ofensiva na aldeia do reassentamento (Kitunda) das pessoas retiradas do espaço abrangido pelo DUAT concedido a petrolífera Total, a dois quilómetros do acampamento da empresa. À esta acção, a multinacional respondeu com a evacuação de seus trabalhadores.

Mais  Destaques

Scroll to top
Skip to content