Deputada é expulsa do parlamento por usar calças justas

 

 

Uma deputada tanzaniana foi expulsa do parlamento por usar calças consideradas justas e atraentes pelos seus colegas. Condester Sichwale, deputada por Momba, foi expulsa pelo Presidente do Parlamento Job Ndugai depois que outro deputado reclamou sobre seu vestuário.

De acordo com a Global Publishers, o parlamentar Hussein Amar de Nyang’wale denunciou seu vestuário logo após uma sessão de perguntas e respostas.

Em um vídeo amplamente partilhado nas redes sociais, Amar pode ser ouvido criticando a roupa de sua colega, argumentando que o parlamento é o espelho da sociedade e, portanto, deve ser um bom exemplo.

“O Parlamento é o espelho da sociedade e da Tanzânia, e algumas de nossas irmãs usam roupas estranhas e são membros do parlamento. O que eles mostram para a sociedade”, disse Amar em meio a aplausos de outros parlamentares.

O Presidente Ndugai pediu-lhe que nomeasse a pessoa a quem estava se referindo, o que ele fez, dando instruções e a cor de sua roupa, sem em nenhum momento mencionar seu nome.

Ndugai educadamente pediu para que a deputada Condester Sichwale que saísse e se vestisse apropriadamente para poder retornar ao parlamento.

Mais  Destaques

Scroll to top
Skip to content