Deputado violador ausente na tomada de posse

 

Alberto Niquice deputado pela bancada parlamentar da Frelimo, acusado de estuprador de uma menor de 13 anos, esteve ausente na tomada de posse da manha desta segunda-feira, apos Organizações da Sociedade Civil terem exigido o não empossamento.

Texto: Dossiers & Factos

São cerca de 30 Organizações da Sociedade Civil de Defesa dos Direitos Humanos das Mulheres, que submeteram no dia 8 de Janeiro de 2020 a Assembleia da Republica, com o conhecimento do Conselho Constitucional e a Procuradoria, um documento de posição solicitando a suspensão de tomada de posse ao deputado do partido Frelimo Alberto Niquice.

Não se sabe ainda quais os motivos da sua ausência, contudo, as organizações da Sociedade Civil (OSC) moçambicanas disseram que caso Alberto Niquice tome posse como deputado será doptado de imunidade, o que pode dificultar o alcance da justiça, no caso em que violou sexualmente repetidas vezes uma menor de idade, na cidade de Xai-Xai, província de Gaza.

Mais  Destaques

Scroll to top
Skip to content