“Empresários devem parar de financiar a Frelimo” – RECEITA DE RAÚL DOMINGOS PARA TRAVAR RAPTOS

Presidente do Partido para Paz, Democracia e Desenvolvimento (PDD), Raúl Domingos, está con-vencido de que a Polícia moçambicana é suficientemente competente para esclarecer os crimes de raptos, e que só não o faz porque o Estado moçambicano está cap-turado pelo crime organizado. Defende que, para travar a prática, os empresários deviam deixar de financiar a Frelimo, por entender que o “poder” é conivente nesse tipo de crimes. Negociador do Acordo Geral de Paz de 1992, Domingos defende também que o actual modelo de financiamento de partidos políticos, que contempla apenas as formações com assento parlamentar, é injusto. Nesta en-trevista, o mais novo membro do Conselho do Estado confirma que tentou, sem sucesso, regressar à Renamo, e promete “reavivar” o seu PDD.

Mais em: Jornal Dossiers & Factos 

 

Mais  Destaques

Scroll to top
Skip to content