Endurecidas medidas contra covid-19

 

A covid-19 está a propagar-se de forma alarmante no país. Nos últimos dias, a média diária de infecções situa-se nos 600 casos, sendo que por dia morrem pelo menos cinco pessoas. Para contrariar este cenário, o Presidente da República tomou medidas duras, depois de um período de relaxamento.

Assim, a partir de 15 de Janeiro (sexta-feira), o comércio volta a funcionar a meio gás. “É restringido o horário de funcionamento de toda a actividade comercial, devendo encerrar às 18h00. São encerrados os seguintes estabelecimentos: discotecas, salas de jogo, casinos, bares e barracas de venda de bebidas alcoólicas. As barracas que devem continuar a funcionar são aquelas cujos proprietários comercializam produtos alimentares e outros que não incluem bebidas alcoólicas”, lê-se na extensa lista de restrições lida por Filipe Nyusi.

Também a frequência às praias está interdita, para além de “actividades de ginásio, piscinas públicas e outros locais públicos e privados para a prática de exercícios físicos”. AC

Mais  Destaques

Scroll to top
Skip to content