Filhos do falecido casal Chongo pedem patrocínio para a sua carreira musical

 

 

Sem patrocínio, os filhos do falecido casal Carlos Chongo e Zaida Chongo estão a trabalhar adequadamente com música Moçambicana, por amor à camisola. Mas durante um tempo para cá, os jovens talentosos demonstram uma grande evolução artística, actualmente são mais profissionais.

Em entrevista ao portal MozNews, o jovem Nelson Chongo contou ao editor de notícias, que já tem várias músicas gravadas, mais de 10 canções que na verdade fazem parte do mais recente álbum “físico” que os irmãos Chongo pretendem lançar muito brevemente.

Durante a entrevista, Nelson Chongo revelou que o álbum carrega o nome de “Filhos de Peixe”, nome este que segundo Nelson, significa que um pai ou mãe que tenha talento de fazer algum trabalho, seja cantar, apresentar, jogar, dançar, é bem provável que os seus filhos façam a mesma coisa, pois os pais são pessoas que inspiram os seus filhos. E é por este motivo que o álbum de 13 faixas leva o nome de filhos de peixe.

Numa outra abordagem, o irmão da Tânia, conta que apesar das músicas já estarem gravadas, enfrentam grandes dificuldades para lançar disco físico, um CD leva muitos custos, e lamentavelmente revela que não tem dinheiro suficiente para lançá-lo. E sendo assim pedem um pequeno patrocínio para que o álbum possa ser lançado fisicamente para o público.

“Recentemente lançámos musicas como Xingombela, obra esta que estamos a sensibilizar as pessoas, a amarem o próximo e saber dividir o pouco com outras pessoas”, disse Nelson Chongo

Ainda sobre o álbum, o jovem Nelson, soltou o cheirinho de algumas músicas, como é caso da canção intitulada Ilirhandzo que aborda sobre amor:

“Quando duas pessoas se amam há sempre pessoas que pensam que está na garrafa, enquanto muitas vezes é amor mesmo. E minha irmã lançou uma música à solo, com título Maria, que exorta a todas mulheres bonitas ou as moças para não levarem a beleza como emprego, e a mesma já é um sucesso nas rádios”, acrescentou Nelson Chongo.

 

Mais  Destaques

Scroll to top
Skip to content