Filipe Nyusi encurralado: RENAMO não abre mão do SISE

 

A integração dos homens da RENAMO no SISE é o actual “cavalo de batalha” nas negociações de paz entre o maior partido da oposição e o Governo. O líder da RENAMO espera uma cedência do Governo em nome da reconciliação, numa altura em que o Presidente da República, Filipe Nyusi já fez algumas cedências e as partes já falam em datas para o acordo de paz definitivo.

Em entrevista à rádio alemã Doutche Welle (DW), o presidente do maior partido da oposição, Ossufo Momade revelou que a assinatura do anunciado acordo de paz em Agosto próximo vai depender da boa vontade da parte da FRELIMO, em resolver os problemas até lá.

“Nós vamos cumprir com a nossa parte e vamos ver se os nossos irmãos do Governo vão poder cumprir, isso em relação ao que colocamos, que observamos durante este tempo”, revelou.

Segundo ele, neste momento está em cima da mesa o assunto sobre a integração dos homens da RENAMO no SISE. “Se Moçambique quer uma reconciliação nacional é preciso que a outra parte aceite porque os oficiais e guerrilheiros da RENAMO são moçambicanos e os que fazem parte dos serviços secretos são moçambicanos. Não há nada a temer ou desconfiar, enquanto houver boa vontade não pode haver desconfiança entre as partes.

Mais  Destaques

Scroll to top
Skip to content