Frelimo diz que observadores deram legitimidade às eleições

Várias missões de observação nacionais e internacionais denunciaram a exclusão de seus observadores, através da emissão tardia de credenciais pelos órgãos eleitorais, contudo o partido Frelimo considera que os mais de 41 mil observadores nacionais e internacionais deram ligitimidade ao escrutinio de 15 de Outubro.

Através de uma conferência de imprensa, o secretário geral daquele partido que lidera folgadamente os escassos resultados já disponíveis, Roque Silva apelou aos moçambicanos a continuarem serenos a espera da divulgação dos resultados pelos orgaos competentes e que a vitória não seja particular deste partido ou aquele candidato presidencial, mas sim de todos os moçambicanos.

Em quase todo o país o partido FRELIMO e o seu candidato lideram as contagens com mais de 70 porcento, segundo projeções da sociedade civil.

24 horas após as eleições, o STAE continua fechado em copas, sem divulgar os resultados preliminares da votação.

Mais  Destaques

Scroll to top
Skip to content