Governador de Nampula não concorda com a reabertura das escolas antes da criação de condições apropriadas

 

O Governador de Nampula, Manuel Rodrigues, manifestou este posicionamento na última terça-feira, 30 de Junho, durante a terceira sessão ordinária do Conselho Executivo provincial de Nampula, alargada aos administradores distritais, na cidade de Nampula.

Texto: Sala da Paz                                                                                                       

Segundo o jornal Ikweli, uma das inquietações dos administradores que participaram naquele encontro foi a falta de água nos estabelecimentos de ensino como que podia dificultar a reabertura das escolas.

“Temos que ter consciência que só com as condições criadas nos estabelecimentos de ensino é que se pode reabrir o processo de ensino e aprendizagem”, porque, “caso contrário, nós estaríamos aqui a criar ainda mais problemas para a nossa província que já está em estado crítico de subida galopante de casos de coronavírus”, afirmou Rodrigues.

O governante chamou atenção para a necessidade de criação de “condições objectivas e seguras, para que os nossos filhos se sintam seguros e salvos, sem correr o risco de servir a escola como epicentro de contaminação do coronavírus”, defendeu.

O governador de Nampula informou também que criou equipas multissectoriais compostas pelas direcções Provinciais de Educação e de Infra-estruturas, com vista a garantir a criação de condições para reabertura das aulas.

 

Mais  Destaques

Scroll to top
Skip to content