Governo irá introduzir visto electrónico para impulsionar turismo no país

 
A ministra da Terra e Ambiente (MTA), Ivete Maibaze, o ministro do Interior (MINT), Amade Miquidade e a ministra da Cultura e Turismo (MICULTUR), Eldevina Materula, rubricaram esta tarde, 20 de Julho, em Maputo, um Memorando de Entendimento, com uma duração de 4 anos, visando estabelecer mecanismos de cooperação e coordenação interministerial no desenvolvimento e testagem de um sistema piloto de vistos electrónicos (eVisa) em Moçambique.
 
Com a cooperação interministerial, está em vista um estudo de viabilidade técnica para aferir o sistema de eVisa mais adequado e sustentável e posteriormente desenhar, instalar e testá-lo conforme for acordado pelo Governo de Moçambique na base das opções viáveis indicadas pelo estudo.
 
Na ocasião, a ministra da Terra e Ambiente, Ivete Maibaze, referiu que o desempenho da Administração Nacional das Áreas de Conservação (ANAC), como instituição responsável pela administração e gestão da Rede Nacional das Áreas de Conservação, está estritamente ligado à introdução de metodologias inovadoras de atracção de investimento e à sustentabilidade financeira, que inclui a dinamização e valorização da cadeia de valor do turismo baseado na natureza.
 
“É neste contexto que o MTA, através da ANAC, vem acarinhado a participação dos parceiros internacionais e do sector privado para investirem no aprimoramento do produto primário do turismo de conservação, nomeadamente a reintrodução e protecção da fauna bravia, a reabilitação dos ecossistemas e construção de infra-estruturas turísticas e de gestão dentro e ao redor das áreas de conservação, com o objectivo de impulsionar o desenvolvimento rural, através do turismo baseado natureza”, disse a governante.

Mais  Destaques

Scroll to top
Skip to content