Gregório Leão invoca “juramento à bandeira” para ocultar detalhes

Em sede do tribunal, o ex-director-geral dos Serviços de Informação e Segurança do Estado confirmou que a empresa “Txopela Investments” foi criada no âmbito do “projecto”, em referência às dívidas ocultas. Disse tratar-se de uma empresa operacional, mas recusou-se a dar detalhes, alegando ser informação classificada.
Gregório Leão invoca o juramento à bandeira, que o obriga a guardar em segredo os conhecimentos que adquiriu no exercício das suas funções no SISE em prol da defesa da soberania. Mas o juiz explicou que não há coerência nesse argumento, uma vez que o réu é acusado de crimes que em nada concorrem para a defesa da soberania.

Mais  Destaques

error: Conteudo protegido!!
Scroll to top
Skip to content