Homem procura polícia para recuperar carro que vendeu bêbado

Se for beber, não dirija. E, se já estiver bêbado, não venda seu carro, pois há o risco de você não se lembrar disso quando estiver sóbrio. Foi exatamente o que aconteceu com um homem na Nova Zelândia.

Segundo o jornal “New Zealand Herald”, o sujeito bebeu demais e vendeu o carro para comprar ainda mais álcool.

No dia seguinte, assustado com a falta do veículo, o homem foi até a delegacia da cidade de Rotorua registrar um boletim de ocorrência do furto do automóvel.

De acordo com o sargento Dennis Murphy, o carro, na verdade, foi vendido por 800 dólares neo-zelandeses (cerca de R$ 1.800).

Por ter ficado muito bêbado, o sujeito simplesmente se esqueceu da ‘transação’. “Ainda bem que o comprador do veículo fez o registro no dia seguinte em um site, pois temia que o carro fosse fruto de roubo”, afirmou Murphy ao “New Zealand Herald”.

O comprador foi chamado à delegacia, contou o que ocorreu e foi orientado a discutir com o vendedor a melhor forma de resolver o assunto. Não se sabe, no fim, quem ficou com o carro.

Mais  Destaques

Scroll to top
Skip to content