IGEPE faz mexidas no Conselho de Administração da ENH

 

O Instituto de Gestão das Participações do Estado, (IGEPE) braço empresarial do Estado, acaba de alterar a composição do Conselho de Administração da Empresa Nacional de Hidrocarbonetos, (ENH). Com efeito, cessaram funções seis Administradores daquela empresa pública, dos quais quatro Executivos e dois Não Executivos.

Segundo um comunicado datado de 15 de Junho último, na posse do Dossiers & Factos, trata-se de Tavares Martinho, Benjamin Chilengue, Jahir Adamo e Tânia Munhequete, que cessam funções de Administradores Executivos, bem como Eusébio Saíde e Sifuva Congolo, que a data de cessação de funções ocupavam cargos de Administradores Não Executivos.

Para o seu lugar, o IGEPE, braço empresarial do Estado, na qualidade de accionista nomeou Abdul Náfio, para o cargo de Administrador Executivo, para a área de Engenharia e Projectos; Pascoal Mahikete Mocumbi, para o cargo de Administrador Executivo para a área Comercial e Novos Negócios; Fahim Mahomed – Administrador Executivo para a área de Administração e Finanças; e Eudêncio de Rodolfo Novais Morais, para o cargo de Administrador Executivo para área de Pesquisa e Produção.

Aos novos quadros junta-se ao também recém-nomeado Presidente do Conselho de Administração da ENH, Estevão Pale, que através do comunicado que temos vindo a citar reconheceu o contributo dos administradores cessantes para o desenvolvimento das actividades e missão da ENH.

Mais  Destaques

Scroll to top
Skip to content