Instabilidade no Norte e Centro quebra oferta de bens e serviços

O governador do Banco de Moçambique, Rogério Zandamela disse, esta segunda-feira, em Maputo, que a instabilidade económica que se assiste no Centro e Norte de Moçambique quebrou a oferta de bens e serviços.           

Texto: Arão Nualane     

Falando durante a avaliação do desempenho macro-económico do país em 2019, Zandamela também aproveitou a ocasião para perspectivar o ano de 2020.

Além da instabilidade, segundo o governador do Banco Central, os desastres naturais, com destaque para os ciclones IDAI e Kenneth, também contribuíram para a quebra no fornecimento de bens e serviços.

Ao nível internacional, segundo o “Cherif”, a retirada do Reino Unido da União Europeia foi outro problema que afectou o sistema económico nacional.

Mais  Destaques

Scroll to top
Skip to content