Jornalistas e especialistas debatem combate às notícias falsas em Moçambique

 

Numa altura em que o país prepara-se para testemunhar dois momentos importante, nomeadamente, as eleições gerais a 15 de Outubro e o desfecho das negociações de um novo acordo de paz em curso, jornalistas e especialistas de diversas áreas discutem no próximo dia 10 de Julho, em Maputo, estratégias de combate à notícias falsas, designadas “Fake news”, numa conferência promovida pela agência Lusa.

Durante a conferência serão discutidos casos de notícias falsas e formas de as combater, entre outros assuntos.

O presidente do Conselho de Administração da Lusa, Nicolau Santos, e a directora de informação, Luísa Meireles, deslocam-se a Maputo para participar no evento cuja sessão de abertura estará a cargo de um membro do Governo moçambicano.

A conferência sucede a outra sobre o mesmo tema promovida pela Lusa em Fevereiro, em Lisboa, e é realizada em parceria com o semanário Savana, que celebra 25 anos, e a Universidade Politécnica, em cujo auditório será organizado o evento.

Fernando Lima, jornalista e presidente do grupo Mediacoop, a que pertence o Savana, será um dos oradores, enquanto a sessão de encerramento estará a cargo de Lourenço do Rosário, presidente do Conselho de Administração do Instituto Politécnico Superior e chanceler da Universidade Politécnica.

Mais  Destaques

Scroll to top
Skip to content