JOVEM DÁ A LUZ NAS MATAS ENQUANTO FUGIA DOS TERRORISTAS EM PALMA


Uma jovem de nome Fatu Abdula, deu parto no mato, enquanto fugia dos ataques terroristas em Palma, e o seu marido de nome Salino Saíde, se encontra desaparecido.

O parto aconteceu sem nenhum tipo de apoio, e todo o processo ocorreu nas matas, sozinha, enquanto fugia pelas por cerca de cinco dias.

Fatu, também perdeu três filhos, decapitados pelos terroristas quando com eles tentava escapar.

Em homenagem ao seu esposo desaparecido, a criança que nasceu nas matas de Palma, em meio ao ataque dos insurgentes chamar-se-á Salimo Saíde, igual ao pai.

Debilitada e sem forças para continuar, Fatu foi encontrada por colaboradores de organizações internacionais e da sociedade civil que viviam a mesma situação e a levaram juntamente com o seu bebê para o posto administrativo de Nhica do Rovuma.

A partir do Nhica do Rovuma, a jovem mãe foi levada de helicóptero de forma prioritária para o acampamento da companhia petrolífera Total em Afungi, e de lá para cidade de Pemba na companhia de outros que precisavam de uma intervenção médica urgente e especializada.

Mais  Destaques

error: Conteudo protegido!!
Scroll to top
Skip to content