La Liga, a liga que ninguém quer ganhar

Pela primeira vez na história do futebol espanhol, os clubes que disputam a primeira divisão não querem ser campeões. Barcelona, Real Madrid, Atlético de Madrid e Sevilha, únicos com possibilidades matemáticas de chegar ao título, vão desperdiçando sucessivamente as oportunidades que têm para ascenderem à liderança ou para aumentar a distância em relação ao grupo perseguidor, no caso do Atlético.

Depois do empate (0-0) entre o Barcelona e Atlético de Madrid, o Real Madrid só precisava vencer o Sevilha para assaltar a liderança, com mais um ponto que os rivais da capital, sendo que, para a formação andaluz, uma vitória significava uma verdadeira reentrada na luta pelo ceptro. Mas o desfecho do duelo entre Zidane e Lopetegui foi igualmente um empate, desta feita a duas bolas.

Posto isto, a situação dos quatro conjuntos está como estava à entrada para a jornada 35. Os “colchoneros” de Diego Simeone continuam líderes, com 77 pontos, mais dois que Real Madrid e Barcelona, segundo e terceiro classificados, respectivamente. Mais distante, mas ainda com hipóteses, está o Sevilha, com 71 pontos.

O Real Madrid não é a primeira equipa a desperdiçar a oportunidade de liderar o certame. Na jornada 33, o Barcelona sabia que uma vitória diante do Granada implicaria a subida para o topo da tabela classificativa, mas fez o mais difícil: perdeu por 1-2, em pleno Camp Nou.

O estranho é que, apesar de continuar na frente, o Atlético de Madrid é a equipa que mais oportunidades de se sagrar campeão tem deitado fora. Há uns meses, o emblema “rojiblanco” tinha uma confortável vantagem de 10 pontos sobre os crónicos candidatos ao título, Barcelona e Real Madrid. Mas uma torrente de maus resultados (12 pontos perdidos nos últimos oito jogos) permitiu que a concorrência se aproximasse perigosamente.

Há três rondas do fim, parece que ninguém está disposto a conquistar um campeonato que, há uns anos, era injustamente acusado de ser o melhor do mundo. Os últimos confrontos determinarão quem terá o “azar” de festejar. AC

Os confrontos que restam

Barcelona: Levante, Celta de Vigo e Eibar

Real Madrid: Granada, Atlético de Bilbau e Vilareal

Atlético de Madrid: Real Sociedade, Osasuna e Real Valladolid

Mais  Destaques

Scroll to top
Skip to content