Libertos jornalistas detidos na segunda-feira acusados de corrupção

 

Os Jornalistas Arsénio Sebastião e Jorge Malangaze, que foram detidos na segunda-feira (09.06), acusados de terem recebido subornos para não publicarem um trabalho relacionado com a violação das regras do estado de emergência num estabelecimento hoteleiro em Sofala, foram libertos esta sexta-feira.

Tal como fez saber o director executivo do MISA Moçambique, Ernesto Nhanale, o juiz decidiu que os Jornalistas foram detidos fora do flagrante delito e o próprio auto refere-se a indícios de corrupção, não de um acto consumado. Por outro lado, os Jornalistas não pegaram no dinheiro nem há provas de que teria solicitado.

Mais ainda, não há crime nenhum visto pelo juiz, por isso, foram libertos e devolvendo-lhes o seu material de trabalho.

Mais  Destaques

Scroll to top
Skip to content