Lurdes Mutola nomeada Embaixadora da WaterAid

 

A ex-campeã Mundial de Atletismo de 800 metros, Lurdes Mutola foi nomeada embaixadora da WaterAid. A nove-vezes ex-campeã mundial e olímpica de atletismo de Moçambique irá desempenhar um papel fundamental para ajudar a aumentar a visibilidade da WaterAid, ao transmitir mensagens importantes sobre a necessidade de o sector privado, governos e comunidade internacional atribuírem mais recursos para água, saneamento e higiene (ASH).

Tal é vital na luta contra a COVID-19 e outras doenças nos países africanos onde existe um acesso reduzido a água potável e a instalações sanitárias condignas. Nos países menos desenvolvidos em todo o mundo, quase três quartos das pessoas não têm uma boa higiene em casa (OMS/UNICEF 2017).

Conhecida como a “Menina de Ouro” de África, a antiga campeã mundial dirige a Fundação Maria Mutola para mulheres e raparigas no seu país, encorajando capacidades empreendedoras e outros projectos de capacitação.

O seu estatuto de alto nível também irá ajudar nas iniciativas de angariação de fundos da WaterAid e contribuir para chegar a várias comunidades com vista à mudança de comportamentos em termos de higiene, capacitando-as a exigir o acesso a água e saneamento como um direito humano básico.

Na sua nomeação, Maria afirmou que “é uma honra, para mim, fazer parte do importante trabalho da WaterAid, como uma Embaixadora. Interesso-me profundamente pelas questões de redução da pobreza e particularmente pelo acesso à água e ao saneamento, bem como pela capacitação das mulheres e das raparigas. Através da Fundação Maria Mutola, temos estado a trabalhar em projectos relacionados com ASH nas escolas para ajudar a resolver a terrível situação no país. Estou feliz por agora fazer parte dos esforços globais concertados para ampliar estas questões”.

Em Moçambique, 46% da população (cerca de 13 milhões de pessoas) não têm acesso a água potável e apenas 35% têm acesso a instalações sanitárias condignas. As crianças são mais afectadas por estes desafios, com mais de 2500 mortes anuais devido à falta de água potável, saneamento condigno e serviços básicos de higiene.

O Director Regional da WaterAid para a África Austral, Robert Kampala, afirmou que “apresentar a Maria como uma das nossas Embaixadoras é um grande orgulho para a organização e para a região da África Austral em particular. Ela tem um talento e influência fenomenais e iremos sem dúvida beneficiar tremendamente através das suas mensagens e da defesa da nossa causa”.

Maria de Lurdes Mutola, com 48 anos, nasceu em Chamanculo, nos arredores da capital moçambicana, Maputo, uma área com abastecimento de água irregular e poucas instalações sanitárias condignas. Esta questão despertou a sua paixão para falar sobre a deficiente prestação de serviços nos países africanos. Maria sempre gostou de desporto e alcançou a fama internacional nos Jogos Olímpicos de Sydney de 2000, quando se tornou a primeira moçambicana de sempre a vencer a corrida dos 800 metros. No total, Maria ganhou nove títulos mundiais na categoria.

O ponto de partida dos esforços de Maria será contribuir para sensibilizar para o estado das escolas, participando no evento global de Regresso às Escolas que a WaterAid planeou para o dia 2 de Setembro de 2020.

 

Mais  Destaques

Scroll to top
Skip to content