Mãe mata filho por causa de camiseta da Frelimo

 

Diveriasse Sinoia, 27 anos, foi morto com recurso à enxada pela própria mãe durante uma discussão originada pela disputa de uma camisete da Frelimo. O caso deu-se no domingo (6 de Outubro), no bairro Nancholi, distrito de Angónia, Tete.

A discussão começou quando a mãe ofereceu ao malogrado uma camiseta da Frelimo. O filho pediu que a mãe lhe desse mais uma camisete para oferecer a esposa. A mãe da vítima prometeu fazê-lo assim que conseguisse arranjar mais outra. Entretanto, o filho, insatisfeito, começou a agredir a mãe.

Em sua defesa, a mãe segurou numa enxada e desferiu duros golpes do lado esquerdo da cabeça do filho que veio a perder a vida no local, reportam os nossos correspondentes.

O líder do 4º escalão do bairro de Nancholi, Xadreque Sabão, confirmou o ocorrido e disse que o malogrado foi morto por alegada divergência na distribuição de camisetas da Frelimo.

“Ele pensava que a mãe recebeu muitas camisetas e havia escondido algumas”, disse Sabão ao Boletim.

Na altura do ocorrido o malogrado encontrava-se embriagado. Populares dizem não ser a primeira vez que o jovem envolve-se em pancadarias com a mãe, reportam os nossos correspondentes.

A polícia fez-se à residência onde a vítima perdeu a vida na manhã de segunda-feira (8 de Outubro). A mãe do malogrado fugiu para parte incerta horas depois do sucedido.

A vítima deixou esposa e dois filhos menores. O enterro ocorreu na manhã desta terça-feira (8 de Outubro).

Boletim Eleitoral do CIP

Mais  Destaques

Scroll to top
Skip to content