Militares desaparecidos depois de naufrágio na Manhiça

 

Um naufrágio que ocorreu na última quarta-feira (17 de Fevereiro), nas margens do rio Incomáti, levou ao desaparecimento dos quatro ocupantes de uma embarcação da Unidade Nacional de Proteção Civil. Ontem foram resgatados dois, por sinal funcionários da administração da Manhiça, na província de Maputo, permanecendo desaparecidos outros dois ocupantes, que são militares.

De acordo com o secretário permanente do distrito da Manhiça, José Licuco, que falava a Rádio Moçambique, prosseguem trabalhos de busca tendo em vista o resgate dos dois militares. O acesso a região de Kalanga está cortado devido a subida do caudal do rio Incomáti.

Mais  Destaques

Scroll to top
Skip to content