Moçambique terá 880 milhões de dólares com a venda da Anadarko

Moçambique vai receber 880 milhões de dólares de mais – valias com a venda da petrolífera Anadarko à multinacional Occidental. O anúncio foi feito hoje na cidade de Chimoio, em Manica, depois da reunião entre o Chefe de Estado e os presidentes executivos da Occidental e da Total.

Com a compra da Anadarko, a Occidental passou os activos que aquela petrolífera detinha em África à francesa Total. Assim, a partir de hoje a Total passa a ser o operador e líder do consórcio que explora gás natural na Área 1 da bacia do Rovuma.

O projecto da ANADARKO, um investimento de 23 mil milhões de dólares, emprega até ao momento, 5 mil moçambicanos, dos quais 40 por cento são oriundos do distrito de Palma.

É importante realçar que com esta operação, todos os moçambicanos que trabalham no Projecto irão manter os seus empregos no grupo TOTAL.

A Entrada da gigante petrolífera TOTAL no projecto da Área 1 da Bacia do Rovuma, representa a confiança que os investidores externos mantém com o governo moçambicano.

Em Agosto, a petrolífera norte – americana Occidental Petroleum comprou, por 55 mil milhões de dólares, a também norte – americana Anadarko, companhia que liderava um dos maiores projectos de gás natural em marcha em Moçambique e em África.

Mais  Destaques

Scroll to top
Skip to content