Muchanga responde a Tomás Vieira Mário: “Mentiu e descarregou cólera para o povo”

 

O interventivo deputado da Assembleia da República, António Muchanga não ficou indiferente aos pronunciamentos do decano jornalista e comentador Tomás Vieira Mário, que, recentemente, mostrou-se indignado com o valor que o Estado irá gastar com o subsídio de reintegração social dos deputados.

No entender de António Muchanga, ao fazer aquelas projecções, Tomás Vieira Mário, não só faltou com a verdade, como também mostrou alguma falta de conhecimento da forma como funciona o parlamento e o sistema de previdência do deputado.

Segundo Muchanga, não há nenhum deputado que recebe “gratuitamente” o dinheiro do povo, até porque esta classe mensalmente desconta para a assistência médica, subsídio fúnebre aposentação e reintegração.

“Falou do Parlamento malawiano, esses recebem tudo isso, vivem na cidadela parlamentar, com direito de carro na sede e outro no círculo eleitoral. Tem assistentes e assessores pessoais na sede e no círculo tem Gabinete do Deputado a custa do Estado. Ganham mais de 1500 dólares mês valor que levam para casa fora os Subsídios. Tomás  descarregou a cólera sobre os Deputados espero que não tenha infectado psicologicamente ao povo Moçambicano”, concluiu.

Mais  Destaques

Scroll to top
Skip to content