Mulheres incentivadas a entrar na área das TIC’S

 

Com vista a incentivar as mulheres a entrar nas áreas de Tecnologias de Comunicação e Informação (TIC) bem como dar visibilidade as mesmas na área das TIC, o Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (MCTES) lançou um Webinar sobre o Papel da Rapariga no Desenvolvimento das TIC, alusivo ao Dia Internacional da Rapariga nas TIC que celebra-se esta quinta-feira, 22 de Abril.

O Webinar sobre o Papel da Rapariga no Desenvolvimento das TIC, tem como objectivo alcançar mais raparigas estudantes e mulheres na profissão das TIC.

A cerimonia de lançamento do Webinar foi dirigida pela Secretaria Permanente do Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Nilsa Miquidade que afirmou que o workshop acontece num momento especial e desafiador, pela eclosão da Pandemia do novo Coronavírus (COVID-19), momento em que os profissionais de TIC são chamados à responsabilidade de inspirar e encorajar as raparigas e mulheres jovens à iniciarem os estudos e cursos em TIC.

“O Webinar sobre o Papel da Rapariga no Desenvolvimento das TIC, tem a particularidade de ser dirigido por mulheres, num mês da mulher moçambicana, sendo uma oportunidade para demostrar quanto potencial existe e as espectativas cada vez mais crescentes da participação da mulher no Sector das TIC nos próximos anos. Um dos pontos principais que deve merecer a nossa atenção se relaciona com o propósito de dar visibilidade ao papel das mulheres nesta área das TIC e promover acções que visem a aspirarem trabalhar nestas áreas”, disse.

Miquidade explicou que o país tem vindo a trabalhar com vista ao estabelecimento de um ambiente que promova o desenvolvimento das TIC, que incentive e proporcione o equilíbrio de gênero no sector de TIC em todos os níveis, por meio de inúmeras iniciativas, como a formulação de políticas e, concepção de instrumentos legais e de regulamentação neste sector para assegurar a equidade de género na Era Digital e uma parceria global com múltiplas partes comprometidas em reduzir a exclusão digital de género.

“A aprovação dos instrumentos legais e regulamentares no país na área de TIC, como a lei das Transacções Electrónicas, a Política para a Sociedade de informação aprovada em 2018 e, o Plano Estratégico e Plano Operacional para a Sociedade de informação, ambos aprovados em 2019, constituem evidências da materialização da Visão e Missão de cada interveniente no processo de desenvolvimento da sociedade digital em Moçambique, com acções concretas para a economia digital e para a participação de Moçambique na 4ª Revolução Industrial, assente no uso massivo de TIC”, destacou.

Para a SP do MCTES é necessário e incontornável, desconstruir preconceitos e estereótipos de género sobre profissões tecnológicas, através do empoderamento das mulheres por meio da tecnologia e, chamar a atenção para modelos e mentores e, como eles podem inspirar meninas e mulheres jovens à seguirem carreiras na área de tecnologias.

“Nos tempos que correm, dada a importância fundamental das TIC para as economias e sociedades, ela deveria contribuir para as novas formas de trabalho, estudo e socialização, facilitando processos e procedimentos e, promovendo o desenvolvimento sustentável”, sublinhou.

O Dia Internacional da Rapariga nas Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC), celebra-se a 22 de Abril, sendo este o décimo ano da celebração da efeméride. Lídia Cossa

Mais  Destaques

Scroll to top
Skip to content