Petersburgo pretende levar a formação profissional para Gorongosa

 

“Queremos desde já lançar o repto a BioFund para se juntar a nós nesta empreitada de formar para o saber fazer, junto podemos fazer acontecer este sonho de levar a formação profissional para Gorongosa”, esta afirmação foi avançada pelo Secretário de Estado da Juventude e Emprego, Oswaldo Petersburgo, à margem da assinatura do Memorando de Entendimento que teve lugar na tarde de ontem, em Maputo, entre o Instituto Nacional de Emprego (INEP, I.P) e a BioFund.

Petersburgo disse na ocasião que o Memorando de Entendimento ora assinado com a Biofund irá permitir aos jovens enriquecer o seu conhecimento sobre as potencialidades do país e em particular a sua capacitação em matéria de conservação que assume um perfil transversal de capital importância, investindo na liderança e inovação que constituem factores de motivação para abraçarem a carreira de conservação.

O Secretário de Estado não deixou de lado a experiência positiva que através de atribuição de Kits de Auto-emprego aos Jovens, vários empreendedores mudaram de vida significativamente.

“E é sobre esta experiência de Angónia em Tete, que quero-me ater para dizer que uma Incubadora Agrícola, com a alocação e 20 kits para igual número de jovens, deu início no mês de Maio com aulas teóricas e em Junho iniciaram a sementeira de milho, feijão e quiabo numa área total de 5 hectares e prevê-se a colheita no mês corrente”.

Segundo o governante, o fruto do sucesso deste Programa de Incubação de Jovens para o Trabalho, no mês de Julho é que foram atribuídos mais 17 kits individuais de agricultura, totalizando 37 kits para igual número de jovens. Os jovens incubados fazem a produção na machamba comum e tem dias estabelecidos para aplicarem na prática os conhecimentos adquiridos no próprio espaço dentro da incubadora.

Mais  Destaques

Scroll to top
Skip to content