PRM desmantela clínica clandestina em Nacala-Porto

A Polícia da República de Moçambique (PRM), a nível da cidade de Nacala-Porto, província de Nampula, desmantelou, há dias, uma clínica clandestina, que funcionava na residência de um enfermeiro, no bairro Ontupaia, nos arredores daquela urbe.

De acordo com a PRM, o proprietário da clínica é funcionário do Hospital Distrital de Monapo, tendo sido detido e apreendido diverso material médico-cirúrgico e quantidades incalculáveis de medicamento, supostamente furtado do Sistema Nacional de Saúde (SNS).

Aos jornalistas, o proprietário da referida clínica, de nome Bernardo Aurélio, afirmou que grande parte dos seus utentes tinham tratamento ambulatório e que poucos eram internados, uma vez que diariamente atendia quase cinco pacientes, que procuravam aqueles serviços para tratamentos urgentes.

Fontes da “Carta” baseadas em Nacala-Porto revelam que o número de clínicas disparou nos últimos anos, competindo actualmente com o número de barracas. A porta-voz do Comando Distrital da PRM, em Nacala-Porto, Hermenegilda Jacob, disse que a clínica foi desmantelada graças a denúncias populares. (Carta Moçambique)

Mais  Destaques

Scroll to top
Skip to content