PRM reafirma sua prontidão para garantir segurança na visita do papa

 

Faltando poucas horas da visita do Papa ao país, a Polícia da República de Moçambique (PRM), manifesta a sua prontidão para garantir a segurança do sumo pontífice e das pessoas no geral.

Texto: Redacção

Por meio de um comunicado enviado à nossa redacção, esta terça-feira, reiterou o seu compromisso de garantir que a visita papal decorra num ambiente ordeiro, seguro e de paz.

“Assim apelamos a todos os cidadãos, a necessária importante colaboração, para que este momento especial seja marcado por uma convivência pacífica e harmoniosa, cumprindo com rigor todas as recomendações”, escreve a PRM no comunicado.

Dentre várias recomendações da polícia moçambicana, consta a proibição de venda e consumo de bebidas alcoólicas em todos os locais reservados à visita do mais alto representante da igreja católica no mundo.

Consta também da lista de recomendações, o uso de transportes colectivos, para maior gestão do trânsito.

Aliás, os detentores de licença de porte e uso de arma são interditos de portar as mesmas no recinto, estando apenas este direito reservado aos membros das Forças e Defesa e Segurança (FDS), credenciados e em serviço no local.

Mais  Destaques

Scroll to top
Skip to content