Renamo diz que Junta Militar foi criada e “acarinhada” pela Frelimo

 

Na sua comunicação à nação por ocasião do fim de ano, a Renamo, através do seu presidente, Ossufo Momade, reiterou o seu distanciamento dos ataques armados à civis e destruição de bens, que ocorrem desde Agosto último, nas províncias de Manica e Sofala. Na ocasião acusou o partido Frelimo e o Governo de terem criado e apadrinhado o surgimento daquele grupo com objectivo de desestabilizar a Renamo durante a campanha eleitoral.

Texto: Dossiers & Factos

Ossufo Momade fala de uma tentativa de pretender fazer da RENAMO um bode expiatório dos fracassos das Forças de Defesa e Segurança no teatro das operações contra os insurgentes de Cabo Delgado e os atacantes nas províncias de Manica e Sofala.

“De forma desesperada, os vários porta-vozes da Polícia da República de Moçambique, o seu Comandante Geral, o Ministro do Interior e o Ministro da Defesa Nacional têm associado publicamente os ataques à RENAMO, esquecendo-se que foi o Regime da Frelimo que acarinhou e apadrinhou o surgimento dos atacantes armados naquelas províncias, com o objectivo de desestabilizar a RENAMO durante a campanha eleitoral”, referiu Momade, para quem tal atitude, demonstra a incapacidade, inoperância e uma falhada estratégia militar de parar com os ataques.

Para sustentar a posição segundo a qual a Junta Militar da Renamo é uma criação da Frelimo, Ossufo Momade acusa o partido no poder de ter mandado fazer cobertura jornalística dos órgãos de comunicação públicos a uma suposta reunião do grupo, algures nas matas.

“Abriu para aquele Grupo um espaço nobre na Televisão de Moçambique, no dia 14 de Outubro, fora da campanha eleitoral, para apelar a não voto à RENAMO e o seu candidato, para além de outros espaços televisivos. O Regime aplaudiu quando o cabecilha dos atacantes disse publicamente que quer assassinar o presidente da RENAMO. Facto curioso, este pronunciamento não mereceu condenação de ninguém, incluindo a nossa Sociedade Civil”, sustenta a Renamo.

Mais  Destaques

Scroll to top
Skip to content