Renamo mantém plano de convocar manifestações mas não avança datas

 

Sem avançar datas, Ossufo Momade reiterou, hoje, a intenção da Renamo de organizar manifestações à escala nacional em repúdio contra o acórdão do Conselho Constitucional que valida as eleições de 15 de Outubro e proclama Filipe Nyusi e a Frelimo vencedores absolutos do pleito.

Aliás, acusou aquele órgão de ser uma célula do partido Frelimo, para depois considerar o acórdão de 23 de Dezembro como nulo “por não corresponder a verdade eleitoral”.

“Como prova de existência de célula do Partido Frelimo no Conselho Constitucional, este Órgão publicou a data de tomada de posse dos eleitos neste sufrágio, sem antes ter validado e proclamado os resultados eleitorais, o que representa flagrante violação da Lei e do principio da aquisição progressiva defendido pelo mesmo Conselho Constitucional, no Acórdão nº 7/CC/2018, de 30 de Agosto, claramente, para cumprir de forma mecânica as ordens do Partido Frelimo”, sustentou.

Mais  Destaques

Scroll to top
Skip to content