Surto de Influenza Aviária: Proibida a importação de aves sul-africanas

 

A Direcção Nacional de Desenvolvimento Pecuário proíbe a importação de aves vivas domesticas e selvagens, produtos avícolas, como carnes de aves, plumas e penas, ovos férteis e de consumo, e outros produtos desta espécie, para o uso na alimentação animal ou para fins agrícolas e industriais, provenientes da África do Sul, com excepção de carnes tratadas por calor, que inativa o vírus da influenza aviária.    

De acordo com o comunicado de imprensa, enviado à nossa redacção pelo Ministério de Agricultura e Desenvolvimento Rural, a decisão surge na sequência da eclosão de um surto de Influenza Aviária altamente patogénica, no território sul-africano, concretamente na província de Gauteng e que foi reportado a 13 de Abril do ano corrente.

Segundo o comunicado, as medidas entram imediatamente em vigor, pelo que, podem ser revistas em função da evolução sanitária.

Mais  Destaques

Scroll to top
Skip to content