Tico Tico: MAIS DO QUE OS PÉS, O FUTEBOL MOÇAMBICANO PRECISA DE CÉREBROS!

O fenomenal ex jogador da selecao nacional de futebol Tico Tico aclamou em suas redes sociais que o futebol moçambicano precisa de mais jogadores com cérebro que jogadores com pés

”Precisamos definitivamente trabalhar nossa estratégia desportiva. Isso implica definir claramente para onde vamos e quais são os resultados que pretendemos alcançar.Mais do que pernas para jogar, precisamos de uma união de cérebros, com o objectivo de criar sinergia desportiva para o alcance de resultados espetaculares.A ausência de cérebros dispostos a externar o máximo para a junção de ideias revolucionárias ao desporto tem sido a causa do desenvolvimento lento da nossa cultura desportiva.Pelo bem do futebol, unam-se os cérebros”

Manuel José Luís Bucane, popularmente conhecido por Tico Tico é um ex-futebolista de moçambicano, que actuava na  posição de atacante e capitão da selecção nacional moçambicana. Tico Tico começou sua carreira no clube Desportivo de Maputo, seu clube de sempre em Mocambique, e em 1994, transferiu-se para o Clube de Futebol Estrela da Amadora, de Portugal, permanecendo no mesmo até meados do ano seguinte. Tico-Tico é o jogador que mais actuou pelo seu país. Ele também é o maior artilheiro de todos os tempos da Premier Soccer League (África do Sul) com 108 golos.

Mais  Destaques

error: Conteudo protegido!!
Scroll to top
Skip to content