ÚLTIMA HORA: Vodacom interrompe comunicações com TMCEL por dívida de 600 milhões de MT

A partir das 00:00 horas da próxima quinta-feira, 17 de Junho de 2021, os clientes da operadora de telefonia móvel Moçambique Telecom (TMCEL) não poderão efectuar chamadas de voz para os clientes da Vodacom Moçambique.

 

Em comunicado de imprensa recebido na manhã desta terça-feira, a Vodacom Moçambique comunicou que irá interromper as comunicações com a empresa pública de telefonia móvel devido à uma dívida de cerca de 600 milhões de Meticais, resultante do incumprimento, por parte da TMCEL, do contrato de interligação entre as duas operadoras.

 

Segundo a Vodacom Moçambique, o referido contrato de interligação estabelece que as duas operadoras devem pagar entre si as tarifas devidas de interligação, que permitem que clientes de uma operadora comuniquem com os da outra, através de chamadas de voz e mensagens de texto (SMS).

 

“Após sucessivos incumprimentos por parte da TMCel no desembolso dos valores devidos, a Vodacom interrompe a interligação, de forma a impedir o crescimento da dívida, que se vem acumulando desde o ano de 2018”, explica a Vodacom Moçambique, sublinhando que a decisão não irá afectar os clientes da sua operadora.

 

“A interrupção afectará os serviços de voz, impedindo que os clientes da TMCel façam chamadas para os clientes da Vodacom. Entretanto, os utilizadores da rede Vodacom continuarão a efectuar chamadas para a TMCel sem interrupção”, esclarece a nota.

 

Aliás, a Vodacom Moçambique garante também que os serviços de SMS manter-se-ão sem interrupção, de forma a assegurar a comunicação, pois, “a Vodacom preza, acima de tudo, o facto de prestar um serviço público, com o objectivo de levar uma comunicação de qualidade a todos os moçambicanos”. (Carta)

Mais  Destaques

error: Conteudo protegido!!
Scroll to top
Skip to content